Pensamento

"Onde quer que o homem vá , verá somente a beleza que levar dentro do seu coração" . Ralph W Emerson

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Vira Vira Vira... Virou!

O "Destino" bate a sua porta!
A Carta da ""Roda da Fortuna", o número 10 dos Arcanos Maiores do Tarot, é um arquétipo que fala da necessidade compulsória e mudança. Não existe alguma escolha, a vida te atravessa o caminho e forma uma encruzilhada, da qual você não pode fugir. Ou você estanca e resiste imutável, ou se rende ao inevitável. Na Numerologia os números da data de nascimento, somados e seu resultado reduzido, identifica nosso "Número do Destino" e podemos associar este resultado às cartas dos Arcanos Maiores do Tarot. como o universo numerológico é de 1 a 9  e o universo simbólico do Tarot é de 1 a 22 (  0 - O Louco considera-se 22) , precisamos utilizar a soma da data de nascimento  dentro do universo de 1 a 22, para que assim possamos associar todos os Arcanos Maiores, tendo assim oportunidade de associação com os 2 símbolos, o dos números e o dos Arcanos.
OBS: é importante não reduzir o resultado numérico da soma da data de nascimento, técnica que utilizamos na Numerologia, mas aqui precisamos dos resultados de números compostos até o 22.
 Minha mãe nasceu em 01/01/1931 e somando os números,
dia + mês + ano=1+1+(1+9+3+1)=5 = 7 a carta  do Tarot é
O carro, o arquétipo de ma escolha de caminho a ser conquistada e que depende absolutamente da pessoa. Este controle em excesso por medo de perdas, orgulho em não admitir fraquezas, a obstinação cega de poder e a onipotência,   Num outro exemplo temos um nascimento em 31/01/1960, na soma  de dia+mês+ano = 4 +1+(1+9+6+0)7 = 12 A carta  12 dos arcanos maiores é a" "O  Enforcado"   um caminho onde haverá muita disposição a retidão, resistência, um agarrar-se  à dor, seja dor física, algum infortúnio na saúde, a pessoa caminha num aprendizado lento, uma enorme dificuldade ás mudanças. O aprendizado do Enforcado é o de perceber a necessidade  dese dispor a quebrar crenças que o limitam, é também fases de ano pessoal no Enforcado onde iremos precisar de muita paciência e abdicação para alcançar no futuro uma certa estabilidade sob os pés. Quando nos libertamos desse aprisionamento em sacrifício, ou por uma enorme inação, podemos sair de uma visão limitada e passar a enxergar a vida mais positivamente, com uma luz que nos dá condição de iluminar o caminho de muitos outros através de nosso próprio aprendizado.
Minha Roda da Fortuna é uma máquina, que acredita a princípio ser dona absoluta de sua sina. A roda é símbolo de um volante de carro, onde estamos no comando, aqui não de forma pessoal, mas sim como manipuladores do que desejamos no nosso caminho, através de nossos próprias escolhas como se pudéssemos manipular o nosso entorno, principalmente para os que desde cedo sofrem algumas "fraturas"  quando atropelados pela Roda da Vida. A crença de ter poder sobre os outros, a ostentação deste através de pressão, corrupção e/ou dominação,  podem ser fatores cruciais que  interferem na construção da aceitação que nada depende exclusivamente de nossa vontade, nosso poder mental, econômico, místico, de nossa força física a capacidade de começar de novo, viver os ciclos . Existe um Universo do qual somos apenas uma micro-parte atuante, mas onde precisamos aceitar e nos submeter a forças. Há  uma certa solidão em que comanda sua vida com mãos de ferro, o pânico pode ser uma ameaça avassaladora de ruptura do hoje, porque a Roda ela entra a vida da gente sem pedir licença, nos trás para a consciência dessa real.
Nossa própria inércia diante do movimento constante do universo, quantas vezes o medo nos paralisa. Mas as coisas chegam na hora certa, preparados ou não, a alegria invade osso mundo turvo pela presença de alguém, pelo reencontro consigo mesmo após uma longa crise. vamos fundo despenhadeiro abaixo, deslizamos numa maionese de desconexão e descompromisso, a Roda nos chama, nos impõe escolhas, um dos meus maiores medos, fazer escolhas, essas que decidem o futuro, minha angústia me ronda, me asfixia . A sensação é exatamente essa, a da fatalidade, mesmo que eu não creia nesta a maior parte do meu tempo, ela existe como um recado , um aviso, por isso nossas fases onde preciso tomar decisões sérias, há um sofrimento que, hoje mais calejada, eu bem sei que me renderei e conseguirei viver a consequência de minhas opções quase sempre sem nenhum arrependimento, pois junto ao medo pela fatalismo, existe a certeza de virar o jogo e lidar com a nova rota com enorme prazer. Hoje sei que , aquilo ou quem atravessa meu caminho, tem uma função na minha vida, o instinto  é de encarar, até sorrio por dentro, um sorriso safado, dessa grande brincadeira de estar sempre pronta para um novo olhar. o comando  e o de me divertir com essa diversidade intensa que , vez por outra, se abate sobre mim, seja uma intensa paixão, uma lenta depressão, uma viagem elo eu interior a me resgatar lembranças, conhecimento, experiências de eras passadas e a me preencher a alma de um caloroso fogo de vida eterna.

4 comentários:

  1. Testando os comentários que não se efetivam.

    ResponderExcluir
  2. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    SAN_FLOWER

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE STAR WARS, CARROS DE FUEGO, MEMORIAS DE AFRICA , CHAPLIN MONOCULO NOMBRE DE LA ROSA, ALBATROS GLADIATOR, ACEBO CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER ,CHOCOLATE Y CREPUSCULO 1 Y2.

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. José, gracias!
    Por las palabras que juntas suelen sentimientos a volar como brisa cálida compañera de mi espirito.
    Mi encanta tu tierra , la lengua, este sonido hace mucho comprendido acá en mi corazón.
    bienvenido hasta mi casa, vuelva siempre.
    Besos
    San

    ResponderExcluir